16 julho 2016

De Tabriz ao Curdistão Iraniano

 
Família Curda


Acordei cedo. Carla fica a descansar mais um pouquinho. Decido sair a pé por Tabriz até Carla acordar e sairmos em direção ao Curdistão Iraniano.
 
  Se há poucos viajantes ainda no Irão, no Curdistão então nem vê-los !! Mas garanto-vos que é uma região lindíssima e com um povo extraordinário.

Gosto de sair pela manhã quando está tudo ainda muito calmo pelas ruas.
Deambulando por Tabriz nessa manhã ao dobrar uma esquina, vejo um monumento imponente que me parece ser todo feito no chamado "tijolo de burro". Aproximo-me, não há ninguém.

Arg e Tabriz

Recorro ao Lonely planet para descobrir algo sobre este monumento. Descubro que se chama Arg e Tabriz consta ser dos inícios do Séc. XIV, é um mausoléu inacabado e onde mais tarde criminosos seriam executados. Consulte aqui: http://www.lonelyplanet.com/iran/western-iran/tabriz/sights/architecture/arg-e-tabriz.
   Dou uma volta, tiro umas fotos e volto em direção à nossa guesthouse.
  
   Prontos para sair optamos por tomar o pequeno almoço num peque no café próximo da guesthouse, um queijo de cabra fabuloso, pão, muito pão e chá.
   Agora sim, barriguinha cheia vamos para a gare rodoviária e seguir em direção ao Curdistão Iraniano !



Na gare perguntamos pelo autocarro para Sanandaj, ver aqui: https://en.wikipedia.org/wiki/Sanandaj.
 
   Após algumas perguntas lá descobrimos que naquele dia não haveria autocarro directo, mas um que faria escala numa cidade que não percebemos bem o nome. Deixa-mo-nos levar pelos iranianos quando não entendemos, e acreditem, não se irão arrepender, eles colocam-vos no sítio certo à hora certa. Neste caso até estivemos à espera na linha errada mais de uma hora até que quando o autocarro certo ia partir vem um senhor a correr a gritar, "Sanandaj, Sanandaj ?" E nós "ok,ok"...
 
   Optámos sempre por fazer as viagens entre cidades de autocarro, foram sempre muito atenciosos connosco, preocupavam-se sempre se estávamos a ir para os sítio correcto e correu sempre tudo muito bem. Entreguem-se nas mãos dos iranianos, vai correr bem.
 
   Finalmente estamos a caminho de Sanandaj, capital do Curdistão Iraquiano onde iríamos experienciar a fabulosa hospitalidade Iraniana ainda mais vincada nesta região um pouco "esquecida" do Irão.

Gare rodoviária de Tabriz, o "nosso" é o creme/amarelo lá no meio !

Qualquer local verdinho serve para um pic nic para os iranianos



Paisagem a caminho da Sanandaj-Curdistão Iraniano


Calor, no ano de 1393 do calendário Persa !

20 comentários:

  1. 42 graus? Poxa!!
    Belo post, o Irão deve ser um país fantástico, todas as pessoas que conheço que já visitaram, adoraram! E o povo é super simpático e acolhedor não é?
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Que bom fazer as viagens pelos olhos dos outros! Gostei dos registos.

    Marli, do My Own Anatomy ☀

    ResponderExcluir
  3. Essas experiências me lembram as viagens de ônibus que fiz pelo Egito, onde nas cidades menores, sim, ainda encontramos pessoas super queridas. Nas cidades maiores (como o Cairo) já estão por demais contaminados pelo turismo. Fico feliz que sabem que no Irão e Curdistão ainda se tem experiências genuínas. Texto muito inspirador. Luciana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, se no Irão ainda se tem experiências genuínas no Curdistão em particular ainda mais. Obrigado Luciana

      Excluir
  4. Que experiência tão boa! É espetacular contactar assim com outras culturas. O Irão está na minha lista há muito, a ver se em breve consigo concretizar esse sonho :D

    ResponderExcluir
  5. Essas paisagens fazem-me lembrar o Curdistão Turco, aí perto. A cultura do pic-nic parece igualmente ser comum a todos eles :) Quero continuar a ler as vossas aventuras pelo Irão, país que infelizmente ainda não conheço...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grandes aventuras mesmo ! São loucos pelos pic nics julgue que se nhouvesse iranianos por aqui iriamos ve los nos separadores das nacionais a fazer pic nic !

      Excluir
  6. Que experiência bacana. Eu adoro ler esses posts relatos de viagem, ainda mais se o destino for algum lugar fora do comum. Adoro conhecer novas costumes, lugares e cultura.
    Abraços,
    Francine @ViagensqueSonhamos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi de facto uma experìência e tanto !! O Irão espera por si !!

      Excluir
  7. Que experiência fantástica. Sempre ouvi falar que o povo da região é bem simpático e hospitaleiro. Tenho bastante vontade de conhecer essa região! Abraços!

    ResponderExcluir
  8. O Irão fascinam-me como destino de viagem há muitos anos! Este relato fez-me viajar por este recanto tão pouco conhecido mas com muito para nos mostrar! Obrigado

    ResponderExcluir
  9. Mas que grande viagem. Parece-me um lugar muito genuíno o que deve ter tornado a vossa experiência mais interessante. Gostei de conhecer o vosso blogue.

    ResponderExcluir
  10. Uma viagem realmente incrível, seu post me faz sentir muita vontade de conhecer países assim! A experiência de interagir com a família local e tudo mais, fantástico mesmo! Obrigado pelo post!

    ResponderExcluir
  11. Que experiência incrível. Poder estar com uma família local e absorver a cultura da região. Com certeza uma viagem que deixa memórias pra uma vida!
    Gostei muito do post e de conhecer o blog!

    ResponderExcluir
  12. uau que artigo legal. Eu nunca imaginaria que o povo do Ira e assim. Sempre tive receio na hora de pensar em ir a um pais desses. Mas parece que nao ne? E tem muita coisa legal para ver?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  13. Muita coisa legal como tentarei demonstrar no nosso blog, obrigado por nos seguir!

    ResponderExcluir